História e Património das "Terras de Algodres"
(concelho de Fornos de Algodres)
ed. Nuno Soares
Contacto: algodrense(at)sapo.pt
Sexta-feira, 9 de Maio de 2008
Documentos para a história de Algodres (16)

 

 

Figueiró da Granja – Carta de venda a Egas Gonçalves (1146)

 

(publicada in AZEVEDO, 1958, pp. 264-265)

 

 

 

“215

 

[1146], Junho, 29 –  Carta de venda a Egas Gonçalves da herdade de Figueiró (da Granja, c. Fornos-de- Algodres).

 

                                  BNL. – Mss., caixa 96, doc. 4, cop. sec. XVII (*)

 

 

 

                  In Dei gratia.  Ego Alfonsus Portugalensium rex Henrici comitis et reginae Taresiae filius necnon et magni regis Alfonsi nepos et regina do[mna] Maahlt uidelicet uxor mea facimus carta venditionis et firmitudinis tibi et Egee Godinsalium de hereditate nostra propria quam habemus in villa Figueroa.  Damus eam tibi atque concedimus cum suis locis et terminis per ubi potueris eam inuenire, quomodo extremat per Algodres et quomodo extremat per Fornos et quomodo extremat per Liares et quomodo extremat per Cilorico et quomodo extremat per Belcaire scilicet pro pretio quod a te accepimus, mulam quandam et equm quendam, tantum nobis bene complacuit.  Itaque habeas tu eam firmiter et omnis posteritas tua usque im perpetuum.  Contra quod factum nostrum quicunque ad irrumpendum uenerit tam de propinquis quam de extraneis sit maleditus et excomunicatus et quantum petieri[t] tantum pariat in duplo et insuper regale jus.  Noto die III Kalendas Julij Era de M.º C.º XXX.º IIII.  Ego Alfonsus Portugal[ens]ium rex et regina do[mna] Maahlt propriis manibus nostris roboramus.

 

                  Pro testibus: Petrus ts., Gundisalus ts., Pelagius ts.

 

                  Ferdinando Pedrim dapifer conf., Menendus Braga[n]cia alferaz conf., Joanes Faria qui tenebat terram conf.

 

                  Magister Albertus cancelarius qui hanc notui.

 

                  (Sinal)  REX  PORTVGALIS  conf. (ª)

 

 

 

____________

 

  

 

                  (*)  Segundo informa Viterbo no seu ms. “Provas e Apontamentos da Hist. Port.” fl. 117 v., o orig. guardava-se no cartório do most. de Tarouca (hoje perdido), sob a cota gav. 2, m. 1, n.º 11, e estava datado da Era de 1184 e não de 1134, como erradamente se escreveu no presente traslado.  Esclarece ainda êste autor, loc. cit., e in Elucid., I, s. v. decimas, que Egas Gonçalves doou a villa de Figueiró ao most. de Tarouca no ano de 1161. Cf. A. Reuter, Chancel. I, n.º 138.

 

                  A data de 1146 concorda inteiramente com os restantes dados cronológicos do diploma.

 

                  (ª)  Na cop., tanto a subscrição do chanceler como o sinal e legenda do rei estão inscritos em figuras serrilhadas, como era então uso da chancelaria.”.

 

  

 

  

 

Bibliografia:  v. entradas de 2005-05-09.

 



publicado por algodrense às 06:30
link desta entrada | comentar | ver comentários (7) | favorito

Sexta-feira, 2 de Maio de 2008
Muito obrigado!

Anta-Cortico.JPG

 

 

(Anta de Cortiçô)

 

 

 

No dia em que este blog completa três anos de existência, manifesto o meu público reconhecimento a todos os que têm contribuído para a sua publicação, em especial aos meus amigos Albino Cardoso, “Alcortex”, João Rocha Nunes, Pedro Pina Nóbrega e Pedro Pinto, bem como a todos os que nos têm honrado com as suas visitas, comentários e links.

 


temas:

publicado por algodrense às 07:00
link desta entrada | comentar | ver comentários (5) | favorito

pesquisar
 
Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


entradas recentes

...

Sobral Pichorro e Fuínhas...

...

Freguesia de Muxagata no ...

...

Freguesia de Maceira no C...

...

...

Freguesia de Fornos de Al...

...

links
temas

abreviaturas

algodres

alminhas

bibliografia (a - f)

bibliografia (g - r)

bibliografia (s - z)

bibliografia algodrense

capelas

casal do monte

casal vasco

castro de santiago

cortiçô

crime e castigo

documentos

estatuto editorial

estelas discóides

figueiró da granja

fornos de algodres

fortificações

fraga da pena

fuínhas

heráldica

humor

índice

infias

invasões francesas

juncais

leituras na rede

lendas e tradições

maceira

marcas mágico-religiosas

matança

migração do blog

mons. pinheiro marques

muxagata

notícias de outros tempos

personalidades

pesos e medidas

publicações recentes

queiriz

quinta da assentada

ramirão

rancozinho

sepulturas escavadas na rocha

sobral pichorro

toponímia

vias romanas

vila chã

todas as tags

arquivos

Agosto 2015

Julho 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Março 2013

Maio 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

blogs SAPO
mais sobre mim
subscrever feeds
Redes

Academia

Facebook

LinkedIn